ForestWISE Briefing

Portugal enfrenta um problema estrutural relacionado com o desenvolvimento e a gestão das áreas rurais, agravado pelos efeitos das alterações climáticas. Os incêndios rurais são uma das consequências deste problema, representando uma séria ameaça à segurança das comunidades, à economia florestal e ao desenvolvimento económico e social do país. A complexidade deste problema exige inúmeras ações estruturais complementares, incluindo a reestruturação do modelo de prevenção e combate de incêndios rurais e a valorização da gestão ativa das áreas florestais, de forma a valorizar os produtos e serviços florestais que terão impactos não só a curto, mas sobretudo a longo prazo.

A relevância das florestas nacionais foi amplamente reconhecida pela Resolução do Conselho de Ministros nº 6-B/2015, na Estratégia Nacional para as Florestas, quer em termos económicos, enquanto base de fileiras industriais desenvolvidas, quer em termos sociais, enquanto garantia de emprego em zonas rurais, quer ainda em termos ambientais, enquanto garantia da regulação do sistema hídrico, de preservação de solo e de proteção microclimática. Na verdade, trazer rentabilidade económica aos agentes florestais, começando pelos proprietários florestais, é um aspeto fundamental para solucionar o paradigma atual da falta de gestão florestal, que, como tal, conduz a um risco estrutural acrescido de incêndios rurais.

O ForestWISE, que visa a investigação multidisciplinar inovadora e a transferência de conhecimento na gestão integrada da floresta e do fogo, dando resposta às prioridades da Resolução do Conselho de Ministros nº. 159/2017, através de esforços conjuntos da universidade, administração pública e indústria, recebeu o título de Laboratório Colaborativo (CoLAB) atribuído pela FCT a 30 de janeiro de 2018.

Por isso, o ForestWISE CoLAB surge como uma instituição de I&D&I, dando especial ênfase à transferência de conhecimento que agrupa as múltiplas áreas interdisciplinares que são relevantes para a construção de uma abordagem holística e coesa para a problemática dos incêndios rurais e para os problemas diretamente relacionados com a valorização (económica ou não económica) de produtos e serviços florestais.