fire-res

Para responder à ameaça dos incêndios rurais extremos, a Comissão Europeia está a investir em grandes consórcios, como é o caso do FIRE-RES – Tecnologias inovadoras e soluções socioeconómicas para territórios resistentes a grandes incêndios na Europa.

O objetivo deste projeto europeu passa por desenvolver novos modelos e abordagens de combate aos grandes incêndios.

Iniciado em dezembro de 2021 e com uma duração de 4 anos, tem como objetivo global contribuir para uma Europa mais resiliente aos incêndios extremos.

O projeto pretende desenvolver ações inovadoras que atinjam os seguintes objetivos:

Compreender o comportamento dos fogos, os seus fatores determinantes e o seu impacto na paisagem, na economia local e nas comunidades;

Reduzir o número de perdas humanas e os impactos negativos causados pelos incêndios florestais no edificado, na paisagem, nos ecossistemas e na saúde humana;

Desenhar e aplicar estratégias e ferramentas de gestão que possibilitem uma melhor governança, maior capacidade de recuperação por parte das comunidades afetadas por estes eventos e uma comunicação mais eficaz sobre o risco de incêndios.

O FIRE-RES é formado por um consórcio de 34 parceiros de 13 países integrando universidades, centros de investigação, organismos de combate a incêndios, empresas, indústria e organizações da sociedade civil, sendo coordenado pelo Centro de Ciência e Tecnologia Florestal da Catalunha, em Espanha.

LIVING LABS

Para demonstrar e implementar as suas inovações em colaboração com atores locais e regionais, estão a ser testadas, em várias regiões da Europa e da América do Sul, 34 ações inovadoras em 11 ambientes de pequena escala designados Living Labs. Em Portugal, o Living Lab é composto por duas áreas de demonstração: uma no Vale do Sousa e outra na Serra da Lousã (liderada pelo CoLAB ForestWISE®).

Todos os Living Labs envolvem colaborações com o setor público, entidades científicas, empresas e associações locais. Em Portugal o projeto conta com cinco parceiros: o CoLAB ForestWISE®, Instituto Superior de Agronomia (ISA) , a Escola Nacional de Bombeiros (ENB), a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) e o Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC).

Foto: Verónica Catarino

PARCEIROS

FINANCIAMENTO

EU-European-Union-Flag-icon

O FIRE-RES é financiado pelo Horizonte 2020 – Programa de Investigação e Inovação, ao abrigo do acordo nº 101037419. O volume financeiro total da candidatura é de 19.896.326,62€ cabendo ao CoLAB ForestWISE® um orçamento de 891.062,50€.

PROJETOS

Consulte outros Projetos do CoLAB ForestWISE®.